O fogão melhorado ajudou Maria a economizar tempo e a garantir segurança na cozinha

0 Comments

Maria Ntimana de 56 anos, mãe de três filhos, residente no bairro 8º Congresso, localidade de Nwamatidjuana, Posto Administrativo 3 de Fevereiro, distrito da Manhiça, percorria cerca de 4 quilómetros e esgotava muito tempo para coleta da lenha. Hoje tem mais tempo cuidar do seu lar e desenvolver pequenos negócios.

É uma história repleta de sucesso que retrata a vida de muitas mulheres em Manhiça. “Desde que foi implementado o projecto de divulgação e massificação do fogão melhorado – poupa lenha, na minha casa reduzi a periodicidade de ir a busca de combustivel lenhosos e sinto-me mais segura”, disse.

Maria explica que antes não tinha muito tempo para dedicar-se a actividades domésticas, como cuidar do seu marido, filhos e netos, mas desde que  instalou o fogão melhorado em 2019, os gastos com a lenha reduziram e, consequentemente, contribuiu para redução da periodicidade com que ela vai à floresta para colectar lenha, tendo por isso tempo para cuidar do lar.

Para além do tempo Maria sente-se mais segura com o poupa lenha, porque pode ficar na cozinha com a lenha acesa, isto porque toda fumaça provocada pelo fogo sai pela chaminé. “O fogão poupa lenha é mais seguro. Antigamente não podíamos deixar as crianças circularem na cozinha, porque os pequenos pedaços de lenha constituiam perigo”.

A redução do tempo que era gasto na floresta a colectar lenha, permite que a Maria e outras mulheres participem mais nas reuniões comunitárias do bairro.

Leave a Comment

Your email address will not be published.