Livaningo apoia mulheres e raparigas afectadas por conflito armado na província de Gaza através de acções que visam o seu empoderamento económico

0 Comments

No âmbito do projecto “Promovendo a recuperação socioeconómica pós-conflito das mulheres nos distritos de Chibuto e Chigubo”, que visa apoiar pessoas que directa ou indirectamente foram afectadas pelo conflito armado na província de Gaza, tendo em conta que a mulher tem sido uma das maiores vitímas em contextos de conflito armado, deixando sequelas duarante décadas e em várias gerações.

O projecto procura apoiar essas mulheres e raparigas contribuindo para a redução dos efeitos da guerra nas suas vidas, através de acções de empoderamento económico, garantindo que elas tenham alguma fonte de renda estável e que possam obter independência financeira.

A acção prevê beneficiar mulheres e raparigas afectadas com baixa renda; baixa escolaridade ou que estejam fora da escola; que tenham alguma deficiência ou que façam parte de famílias chefiadas por pessoas com deficiência. Para alcançar este objectivo a Livaningo e o FOMMUR pretendem:
– Treinar 30 raparigas e mulheres (15 em Chibuto e 15 em Chigubo) em educação financeira e gestão de negócio por meio da abordagem as mulheres podem fazer e prover kits de suporte inicial (salão de cabeleireiro e salão de corte de cabelo) para desenvolverem os seus negócios;
– Integrar 30 mulheres e raparigas em cursos de formação profissional nas áreas de confeitaria e corte e costura, visando promover o trabalho autónomo e tornar as mulheres auto-suficientes (15 em Chibuto e 15 em Chigubo) e disponibilizar kits de iniciação para cada uma na sua área de formação;
– Formar e instalar 50 agentes (25 no distrito de Chibuto e outras 25 em Chigubo) em serviços financeiros por meio de tecnologia móvel (Mpesa, E-Mola e MKesh);
– Estabelecer e assistir 30 grupos de Poupança e Crédito Rotativo (15 no Distrito de Chibuto e 15 em Chigubo) e criar um fundo de negócios rotativo em 10 grupos nos dois distritos;
– Apoiar duas (2) associações de mulheres afectadas por conflitos armados nos distritos de Chibuto e Chigubo na produção e venda de frangos e;

– Apoiar duas (2) associações locais de mulheres e raparigas que exerçam actividades lucrativas e desenvolvam serviços comerciais na província de Gaza, especificamente nos distritos de Chibuto e Chigubo, fazendo interligação entre as mesmas com o mercado e por via disso, aceder aos fundos governamentais como forma de garantir sustentabilidade dos seus negócios.

Segundo a coordenadora de projectos na Livaningo, Berta Membawaze, todas actividades do projecto prevêm formações na área de empreendorismo e gestão de pequenos negócios, “pois o que se espera no final de cada actividade é que cada uma das beneficiárias consiga ter autonomia financeira, através do desenvolvimento do seu próprio negócio, garantindo a sustentabilidade do mesmo”, explicou Berta que espera que as beneficiárias aprendam alguns conceitos básicos de como fazer uma boa gestão dos seus negócios e garantir que os mesmos prosperem.

As actividades levadas a cabo pela Livaningo e pelo FOMMUR na província de Gaza, enquadram-se no âmbito projecto “Promovendo a Participação Efectiva de Mulheres e Raparigas na Paz, Segurança e Recuperação em Moçambique”, liderado pelo Ministério de Género, Criança e Acção Social (MGCAS) em parceira com a ONU Mulheres, com o apoio financeiro do Governo da Islândia e o Governo da Noruega.

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Abra o chat
Olá, posso ajudar?
Olá
Podemos ajudar?