Declaração Comunitária sobre os Direitos à Terra

0 Comments

O Ministério de Terra e Ambiente; Ministério de Género Criança e Acção Social; Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Ministério de Saúde,

Por 

Mulheres rurais do Distrito de Nhamatanda, Província de Sofala, Moçambique

25 de Outubro de 2021

 

 

Introdução

Esta declaração comunitária foi escrita quando nós, mulheres membros da comunidade de Nhamatanda, província de Sofala, com apoio da Livaningo em parceria com o Instituto de Pobreza, Terra e Estudos Agrários (PLAAS) num encontro realizado no dia 25 de Outubro de 2021 em Nhamatanda. A declaração apresenta demandas ao Ministério de Terra e Ambiente; Ministério de Género Criança e Acção Social; Ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Ministério de Saúde para promover o acesso, uso, controle, posse, herdar e transferir a terra e recursos naturais, promover infraestruturas inclusivos e oportunidades económicas para as mulheres;

 

Antecedentes

 

“Nós, membros da comunidade, apresentamos estas demandas sobre direitos de terra recolhidas através de um processo consultivo envolvendo representantes das comunidades e apoiado pela Livaningo e PLAAS. Todas as demandas apresentadas abaixo foram endossadas por tadas as participantes’.

 Continue lendo aqui 

Oiça algumas intervenções da radio comunitária de Nhamatanda

 

 

 

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Abra o chat
Olá, posso ajudar?
Olá
Podemos ajudar?